Autoridades na Maçonaria Brasileira.
Documentos.
De uso.
Você está em no local, assinalado em vermelho.

Resumo histórico do Edifício Acácia

Praça Zacharias - Curitiba-PR.

Praça Zacharias, 46 - Centro - Curitiba - Paraná.
Vista parcial de Curitiba - 1875, ao fundo, Catedral antiga.
Gravura do Museu Paranaense - 1.876 - Original na Biblioteca Pública do Paraná - Divisão Paranaense.

 

Primeira sede do Museu Paranaense, fundado em 25 de setembro de 1.876, por Agostinho Ermelino de Leão (Maçon), ( pai de Ermelino Agostinho de Leão - Maçon) e José Cândido Muricy (Maçon).

Em 1882, o governo do Estado do Paraná, assumiu responsabilidade com o Museu Paranaense, colocando-o na primeira sede própria, no Largo Zacharias, hoje Pça. Zacharias, exatamente onde está o Edifício Acácia.

No princípio de 1899, o governo do Estado do Paraná, abre concorrência publica para a venda do imóvel, onde esta sediado o Museu Paranaense. O resultado deu-se no dia 30 de junho, sendo a proposta mais vantajosa para o Estado, a da Loja Fraternidade Paranaense nº 0.555, que além de pagar, ofereceu suas salas para funcionar uma Escola Primária Pública, que funcionou gratuitamente, por mais de 40 anos, beneficiando a população curitibana sob a responsabilidade da Maçonaria Paranaense, chamada "Escola José Carvalho".

No jornal maçônico "O Jerusalem" de 10 de janeiro de 1901, na primeira página está estampado este desenho de aluno desta Escola.
Loja Fratarnidade Paranaense nº 0.555 - Escola "José Carvalho" e o Patrono José Carvalho de Oliveira.